terça-feira, 21 de novembro de 2017

Conta Premium X Cartão Platinum

Adios Muchacho
Após o Bradesco abraçar 100% das operações da American Express no Brasil, este deixou de ser um baita cartão com várias vantagens para ser somente mais um cartão caro de se manter em troca de certo status. Como status é algo que não me atrai mais, resolvi chutar meu então gratuito "American Express The Platinum Card" (cartão de crédito com nome e sobrenome é o cúmulo da Nutelice) no momento que decidiram acabar com a minha gratuidade de anuidade porque pagar mais de 2k por ano pra ter um cartão de crédito não me parece a atitude mais sensata.

Fiquei então com meu Visa Platinum que sempre foi meu cartão principal e outros secundários como o Nubank Gold e Inter Gold. Porém, preciso de um cartão Platinum pelos seguintes motivos:

1- Seguros automáticos de viagens;
2- Seguros automáticos em aluguel de carros;
3- Conversão de milhas com melhor taxa (1 dólar = 1,5 ponto);

Ao viajar conto somente com o seguro do cartão. Temerário? Talvez, mas isso não vem ao caso, o que importa aqui é que todo ano consigo economizar uma boa quantia de dinheiro somente ao utilizar o seguro de viagem do cartão de crédito.

Meu carro tem mais de 20 anos, queima óleo e a manutenção é somente "on demand" (também não vamos discutir aqui se isso é certo ou não), portanto quando quero fazer uma viagem costumo alugar um carro e novamente utilizo meu cartão de crédito como ferramenta de economia: uso o seguro automático de locação de carro e aproveito o ótimo limite que tenho para fazer o caução (normalmente as locadoras cobram um caução que pode chegar à 30k em casos onde você não contrata as proteções com eles).

Bem que tentei viver sem o acúmulo de milhas, mas isso não é possível. A partir da hora que você troca suas primeiras passagens jamais conseguirá voltar atrás e deixar de usar esse recurso fantástico, não tem porque não acumular milhas, é de graça (desde que não compre coisas somente com esse objetivo).

Isso é uma ferramenta de vida

Para ter um cartão Platinum com um bom limite, mantenho uma conta Premium num grande banco. Para manter essa conta Premium tenho algumas alternativas:

1- Pagar 80 conto de taxa de manutenção mensal;
2- Ter 40k investidos nos "excelentes" produtos do banco e obter um desconto de 50% na taxa;
3- Ter 80k investidos e obter isenção da taxa.

Durante um bom tempo não foi difícil obter isenção porque sempre tive costume de fazer uma provisão mensal para pagamento do 13/férias dos meus funcionários e sempre coloquei essa grana numa poupança PF vinculada à essa conta. Junte à isso outra poupança com parte do meu colchão de segurança e outras com valores menores destinados à viagens, cauções de aluguéis e outras finalidades e os 80k eram alcançados facilmente.

Agora que não tenho as lojas, os 80k para isenção ficaram mais difíceis de serem alcançados, desde que vendi as lojas mantive uma grana na poupança somente com a finalidade de obter essa isenção, o objetivo era pensar nisso depois. Pois bem, o depois chegou. Com a poupança rendendo ainda menos, manter esse capital empatado na poupança somente pra obter isenção de taxa faz cada vez menos sentido.

Pagar taxa de manutenção de conta é de cair o cu da bunda, não faz sentido algum, ainda mais num cenário onde existem mil opções de contas grátis. A anuidade do cartão não é um problema porque atinjo facilmente os 1k de fatura que eles exigem para isentar, logo o problema do quebra cabeça está relacionado à taxa de manutenção da conta mesmo.

A única coisa que me prende à conta premium é o cartão de crédito, afinal nem lembro da cara da gerente e café tomo em casa, não na agência. A gente é careca de saber que conta premium é furada. Fazer um downgrade para o pacote essencial e sem tarifas faria todo sentido porque não prejudicaria minhas operações bancárias, me permitiria  não ter dinheiro parado na poupança, etc. Porém isso acabaria com a isenção da anuidade do cartão de crédito, e faço questão de manter o cartão platinum porém não quero pagar anuidade, entende?

As opções para sair dessa sinuca de bico seriam basicamente:

1- Ceder um pouco e encarar pagar 400 conto por ano de anuidade no cartão (o custo de oportunidade em manter 80k na poupança paga isso e dá troco);
2- Achar um outro cartão platinum com anuidade grátis ou mais barata (difícil, o Inter oferece isenção de anuidade mas tem que manter 50k investidos);
3- Usar a inação e simplesmente manter os 80k na poupança do meu banco e deixar tudo como está.

Um agravante é o limite, atualmente tenho limite de 60k no cartão o que obviamente jamais cheguei nem perto de usar porém como no exemplo do caução do aluguel de carro, é uma ferramenta. Caso trocasse de cartão teria que começar construir esse limite novamente.

Um atenuante é que tenho que manter algum dinheiro de qualquer maneira em poupança: 3k de caução de um apartamento, 15k do colchão de segurança (esse até poderia colocar no CDB diário ou algo do gênero mas entra o lance do IOF e IR regressivo, o que acaba não compensando), cerca de 20k que é a reserva para a próxima viagem (IR novamente atrapalha colocar em outra aplicação), enfim, teria que manter mais uns 35, 40k no banco para me isentar das taxas.

Bom, e vocês? O que fariam no meu lugar? Abraço e boa semana à todos!

72 comentários:

  1. Se você usa bastante seus cartões e concentrar os gastos no Platinum, provavelmente consegue desconto na sua anuidade mesmo saindo da agência elitizada, ainda mais mantendo 40 ou 45 mil no banco. Veja que hoje com apenas 1.000 você já consegue isenção no Platinum, isso é raro. Vai ver algum leitor tem mais informações internas detalhadas.

    Como é notório os bancões FDPs resolveram jogar duro com anuidade, eu paguei meia este ano pelos mesmos motivos (seguro viagem, 1,5 ponto/dólar, limite altão), não estou a fim de pagar nem isso ano que vem. E olha que tenho aplicação até alta. Aí resolvi aceitar uma oferta do Citibank de anuidade grátis sem programa de recompensas para ter o seguro (é Platinum) e barganhar ou desistir de milhagem ano que vem (sou solteiro, só tenho gastos individuais para fazer no cartão e é difícil alinhar os astros para trocar passagens nas minhas datas). O limite inicial não é tão alto mas dá com folga, não sei se o Itaú vai manter a isenção.

    Observações: No B.Brasil o piso para isenção nas agências elitizadas passou para 150mil, acho que é isso na maioria dos bancões, seu caso ainda não é dos piores...

    Tem uns comparadores de preços de seguros-viagem que dão preços bem razoáveis, mas para quem compra passagens para os dependentes também ou faz a partir de duas ao exterior por ano, a economia do Platinum já é muito grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso criar coragem e ir na agência questionar se há possibilidade de ter algum desconto de anuidade pq manter o cartão atual é o melhor cenário.

      Sim, estão cada vez mais pegando pesado, mesmo com o surgimento de alternativas grátis. Sinceramente não sei onde isso vai chegar.

      Alugo carro umas 5, 6 vezes por ano, faço viagens de 30 dias no exterior, se for por na ponta do lápis essas economias pagam e dão troco na anuidade porém o grátis sempre é melhor.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  2. Corey, bom dia. Eu já passei por essa mesmíssima situação há algum tempo. E decidi abandonar essa prisão que as milhas nos mantém.

    O assunto é complexo, envolve oportunidades de demanda e de oferta. Acho que vale muito você ler o artigo que fiz sobre isso.

    Talvez eu lhe convença que "milhas" é algo meio enganador. Principalmente se vc as usa somente uma vez ao ano.

    Segue link: http://www.viagemlenta.com/2015/08/o-adeus-ao-cartao-infinite-as-milhas-aereas-e-a-acolhida-ao-nubank.html

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu artigo é excelente, bem de encontro com o que estou passando nesse momento, parabéns!

      Ano passado eu havia decidido abandonar o cartão de crédito e suas milhas e fazer tudo no débito porém o fato de ter conseguido promoções de multiplicação de pontos e ter ido pra Itália e Portugal pagando somente a taxa de embarque me fizeram ter essa recaída.

      A "prisão milhas" é bem difícil de sair, rsrs!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Obrigado Corey! Se, quando decidir sobre o assunto e quiser passar lá para deixar seu depoimento, sua história, vai ajudar aqueles que já comentaram e futuros leitores!

      Abraço!

      Excluir
  3. Fala Corey, blz? Cara, o Nubank ta oferecendo cartões Platinum, dê uma olhada.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estava sabendo dessa informação, vou entrar em contato com eles e ver se consigo migrar. Obrigado!

      Excluir
    2. ERRADO.

      O Cartão Nubank, por si só, já é Platinum. Basta tira-lo da carteira e ver a indicação.

      Abs

      Alem MAR

      Excluir
    3. ERRADO!

      Somente os primeiros são Platinum, o meu mesmo é Gold.

      Excluir
  4. Olha Corey, pessoalmente não vejo tanta necessidade assim do platinum, porém esse é o meu caso né? Para milhas eu uso o Smiles internacional que dá 1,35 milhas por dolar com uma anuidade de 123 reais. O Gold smiles dá 1,5 milhas por dolar mas a anuidade é o dobro do valor. Para mim só compensaria se gastasse muito com o cartão mesmo... Para ter o platinum que dá 2 milhas por dolar precisaria ter renda de 6k (não tenho) e a anuidade seria bem cara. Como viu, eu não faço uso do seguro... Mas se no seu caso o seguro é tão importante assim e realmente é necessário o cartão platinum, eu iria na opção do banco Inter. Ter 50k investido não é tanta coisa assim... Sem falar que o CDB diário deles paga no mínimo 99% da CDI que é bem mais que bancos "grandes".

    Abraços e espero ter ajudado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que mais pesa no meu caso são os seguros, pq economizo muito dinheiro abrindo mão deles e usando o do cartão. Pra vc ter uma ideia, alugando um carro por 2 dias economizo cerca de 60 reais, se alugar 6x no ano são 360 reais somente nisso, sem contar o seguro viagem...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Tenho um Nubank com R$ 3k de limite e nada mais. Mesmo quando evito pagar no débito e jogo tudo no crédito, minha fatura do cartão raramente passa de R$ 700/mês. Será que isso já é o suficiente para valer a pena mudar para um cartão que cobre anuidade e acumule milhas? Não faço a menor ideia.

    Eu optei por manter um cartão só e sem anuidade pra manter a coisa toda da forma mais simples possível, mas não sei se estou perdendo alguma oportunidade ou não.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Madruga!

      Minha fatura média aqui em casa é de 1500 reais (Bia e eu), só passa disso quando viajo. O lance das milhas é uma faca de dois gumes, por um lado é ótimo viajar de graça, por outro te prende à produtos não muito interessantes e te deixa em situação parecida com a minha. O lance dos seguros é ainda mais importante...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. O nubank Platinum também tem os seguros, converse com eles sobre seu cenário, talvez consiga um mastercard Platinum com eles. Eu uso e já usei para viajar também, não tenho do que reclamar.

      Excluir
    3. Mandei um email pra eles, vamos aguardar a resposta...

      Excluir
    4. Me disseram que descontinuaram o platinum para novas adesões. Vamos ver...

      Excluir
    5. Parece que algumas pessoas estão recebendo convite para migrar ao Platinum...

      Excluir
    6. Descontinuaram o Platinum pra novas adesões. Peguei meu Nubank em janeiro de 2015 e veio Platinum. Alguns meses depois começaram a mandar só Gold (fiz um pra minha mãe e veio Gold, um amigo fez na mesma época e veio Gold também).

      Parece que agora estão convidando alguns clientes pra migrar pra Platinum, mas é só sob convite mesmo.

      Excluir
    7. Eu preciso cortar gastos. Vejo a galera falando de gastos de 700, 1500, etc e eu que mesmo cortando gastos pago mais de 3k.
      Quem gosta de viajar não faz sentido não acumular milhas e pagar 80 conto é melhor que deixar o dinheiro parado.
      Meu cartão tinha 25k de limite e o banco sem minha consulta ou autorização aumentou o limite para 43k.
      Eu não gosto de comprar nada parcelado, mas pago tudo no crédito até conta de padaria e faço isso pra acumular milhas, nem por isso deixo de controlar os gastos.

      Excluir
    8. Eu acho que depende do cenário. Nesse seu caso eu acho que seria bem vantajoso para les te dar um cartão desses hahaha. O meu só é Platinum pois na época que fiz todos recebiam, hoje em dia não conseguiria devido a minha renda ser baixa.

      Excluir
    9. Além da questão dos seguros, eles são bem transparentes e desburocratizados para viagens.
      Exemplo: você pode habilitar o uso no exterior direto em um botão do app, quando gasta em outra moeda ele é bem claro na conversão, etc.

      Excluir
    10. Tb pago tudo no crédito, até cafezinho. Fica muito mais fácil de controlar, além de juntar pontos.

      Sim, tenho perfil para o Platinum (eles mesmo me informaram isso, postagem em breve).

      Tenho o Nubank mas nunca utilizei, peguei como cartão reserva.

      Excluir
    11. Dê uma olhada no Nubank reward, acredito que no seu perfil valha muito a pena. De certa forma acaba diminuindo o problema de não ter programa de milhas, não resolve, mas ajuda a economizar.

      Excluir
    12. Gold e nada é a mesma coisa. Na verdade eu abriria mão das milhas, mas não dos seguros.

      Excluir
    13. Recebi um e-mail do nubank informando que me mandaram um platinum.

      Eu tenho o gold hoje e nem sabia que nubank tinha platinum. Fui ver a diferença entre eles e o gold me parece até melhor. Ele tem um seguro (que nunca usei) de que se você comprar algo pela internet e ele baixar de preço em 30 dias, eles te pagam a diferença. Não sei nem como aciona isso pra ser bem sincero...

      Excluir
    14. Pra quem faz muitas compras online o gold parece ser mais vantajoso, pra quem viaja o platinum é melhor, me enquadro na segunda opção.

      Excluir
    15. Olá Corey,

      na semana passada recebi o convite para aderir ao Platinum do Nubank e ontem recebi o cartão, que consegui ativar pelo aplicativo. Hoje mesmo estreei o novo cartão e a princípio está tudo bem.
      O nubank tem uma fã. rs

      Excluir
  6. Corey, por vários bons anos, eu mantive 3 cartões Platinum, que somados os limites estavam aí nessa faixa de 60k. Obviamente isso em algum momento da minha vida causou problemas, fora as anuidades que eu pagava sem questionar, e a tarifa de manutenção da CC que eu também pagava. Pois é, bem idiota. Mas considero essa fase de demência financeira largamente superada.

    Relutei bastante em me livrar dos dois cartões do meu banco principal (mesmo cenário, eu havia construído aquele limite com suor e lágrimas, literalmente), mas depois de pôr a mão na consciência, respirei fundo e me livrei deles, mantendo apenas um Platinum, que cobrava uma anuidade diferenciada (R$100) e limite de 12k. Poxa, 12k para quem tinha 60k é baixo pra cacete, se comprar uns 2 eletrodomésticos parcelados e 2 passagens, fora as despesas mensais, já estoura. Mas realmente tornou-se um problema? Não. Eu também tinha esse apego de "nunca vou usar 60k, mas ter disponível é importante, posso precisar". Na prática, com uma vida minimalista e planejamento, dá bem para viver com um limite de 12k. Veja, vc não é mais do comércio, acha mesmo que esses 60k importam?

    Nos últimos anos, os bancos apertaram o cerco, e essa minha anuidade do Platinum passou de R$100 para R$400. E aí comecei a me questionar se realmente valia a pena, e a resposta foi não.

    Eu também já usei bastante milhas, e foi um estágio importante na minha evolução como consumidor rsrs. Mas no final do dia, é chato pra caralho, pra conseguir usar direito vc tem que restringir a escolha a algumas cias aéreas pra acumular. Mas às vezes elas não tem promoções para onde vc quer ir, ou nem voam para lá. Ou então as escalas não são favoráveis. Ou vc não pode fazer stopover. Ou não encontra assentos. Ou faltam 10k milhas. Cara, isso é chato pra cacete, é a ilusão da classe média que quer viajar "de graça" como retorno do consumismo (olha que maravilha), mas se fode trabalhando pro cartão de crédito e pra cia aérea, por dezenas de horas a fio.

    Final da história: cancelei meu Platinum e hoje uso o Cartão Petrobras, que tem anuidade gratuidade e cash back. O cash back é realmente baixo (aprox. 0,7% em R$), mas posso sacar todo mês (vale muito por trazer o benefício para o momento presente, sem ter que esperar anos), tenho um adicional para a minha esposa, e concentramos o benefício a custo realmente zero, sem trabalho nenhum.

    Quando eu viajo, pago o seguro de saúde e dos carros. Pago um pouco mais? Sim, mas não tem encheção de saco, os limites são amplos (diferente do seguro de vida de US$10k pro Platinum, que nos EUA é peanuts), tenho um cash back mensal, tenho zero dinheiro parado em investimentos ruins, zero anuidade do cartão e com adicional(is), não pago mensalidade da CC, ampla liberdade para escolher qual cia aérea quero escolher e, principalmente, não perco meu tempo caçando "promoções" de milhas, já que viajar já é complexo e complicado o suficiente em questão de datas, horários e disponibilidades. Significa que eu pago caro? Recentemente voei até o Japão, paguei menos de R$3k na passagem.

    É uma vida bem mais objetiva, e pelo que vi no comentário acima, o Viagem Lenta chegou à mesma conclusão que a minha. Veja, vc sabe como funcionam as coisas relacionadas ao consumo, acha mesmo que existem "benefícios"? Eu sequer acredito no cash back, só acho que é o menos ruim de todos. Tem outras alternativas, como o Santander Rewards, que merecem uma olhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos nós passamos por fases de demência financeira, não tem como... Me identifiquei muito com sua história, é bem isso que estou passando...

      Na verdade 60k é muito, não preciso disso tudo, uns 20k já está bom e o motivo é somente o do caução na locação de carro, jamais chegarei nem perto de gastar isso. Nunca parcelo nada então em no máximo um mês meu limite é reestabelecido. Se não fosse esse detalhe do caução, 10k já estaria de bom tamanho (devido à compra de passagens e hotel que eleva muito a fatura).

      Sua análise sobre as passagens de milha está correta, é bem assim mesmo. Me acho sortudo pq sempre que usei essas passagens consegui bons negócios (tirando uma ou outra escala maluca, mas faz parte).

      Esse seu petrobrás é platinum? Como disse as milhas estão mais para um plus, o que mais me importa são os seguros.

      Valeu pelas dicas, abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Infelizmente não. Acho que é no máximo um Gold. Abs!

      Excluir
  7. Eu tinha um cartão black de banco há uns 2 anos onde acumulava 2 pontos por dólar e cancelei devido a essa putaria de cobrança de tarifa (não cobravam nada e de repente começaram a cobrar). Hoje em dia tenho só um nubank que não tem acumulo de milhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabia decisão! Eu quase entrei num black, mas em cima da hora dei pra trás, melhor coisa que fiz...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Corey, o dinheiro precisa estar na poupança? acho que não ... pode deixar os 80k numa aplicação como tesouro direto pos fixado. boa rentabilidade e baixo risco, mantendo os benefícios da conta premium e do cartão.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EI, eles cobram custódia no TD, e minha carteira está na corretora.

      Excluir
  9. Corey,

    Como falaram acima, a melhor coisa do cartão gratuito é não ter stress com anuidade nem ficar com regras de vencimento de pontos, valor mínimo pra transferências, etc.

    Eu tenho um nubank platinum com limite de 9k mas que deixo em 3k por conta de um eventual furto. O que parcela sem juros eu passo no nubank e antecipo, dá um desconto de 1-2%, que é mais do que eu ganharia na tarifa sem nem contar anuidade.

    É uma paz enorme saber que sua operadora de cartão de crédito não vai encher seu saco, não vai aumentar do nada anuidade, não preciso ficar ligando pra negociar anuidade, é libertador ainda mais pra quem é preguiçoso como nós rs. Bom post!

    Abs.,

    VR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande VR!

      Tb não tenho saco pra ficar ligando, me preocupando com essas coisas, não dá... A Amex do nada começou a cobrar anuidade, simplesmente cancelei o cartão sem dó nem piedade, rsrs!

      Mandei um email pra Nubank questionando sobre a migração pra platinum, vamos aguardar...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. Corey, vou remar contra a maré.
    Tenho um cartão infinite e um black, ambos contam uma anuidade apenas. Tenho um adicional e as anuidades do titular mais adicional saem no total 1200 reais (800+400).
    Para ter isenção preciso ter uma média de gastos de 10 mil reias, nos 3 meses que antecedem a cobrança da anuidade. Algo que faço sem problemas.
    Vamos a estratégia:
    Cada dólar gasto gera 2 pontos no cartão.
    Tenho uma conta e minha esposa ( cartão )adicional) no mercado pago. Pago 4 mil por mês em boletos sem cobrança de taxas em cada conta. São 8 mil por mês no total. Pago Condomínio, plano de saúde, escola do filho, boleto de investimento e etc.
    o restante gasto com compras ao longo do mês.
    Com isso junto um monte de milhas e utilizo os seguros do cartão. Embora meu plano de saúde tenha emergência no exterior. Fico mais seguro.
    Esse ano peguei uma promoção de transferência de pontos com bônus de 100%, tinha 210 mil pontos no cartão, transferi e fiquei com 420 mil. Como não achei as passagem que queria com milhas nas datas que precisava, vendi as milhas na max milha por 29, 50 cada mil milhas. Arrecadei mais de 12 mil e comprei as passagem para onde queria, nas datas que desejava e em voo direto.
    O cartão não me gerou gastos, mas receita, não pago anuidade e ainda ganho benefícios. Tenho um limite de compras à vista de 50 mil e parcelado de 20 mil. Vejo o cartão como um parceiro.
    Tem site que da desconto na compra em boleto, imprimo o boleto e pago no mercado pago. Ganhobdescibtod e milhas.
    Sei que em breve essa mamata do mercado osgonira acabar, mas até lá, vamos aproveitando. Além disso tem um monte de promoções que os cartões dão em determinados períodos, compre e ganhe 10 pontos por real e etc.
    não sou cliente ainda, mas o esfera do Santander tem um monte de promoções sempre. E tem um cartão unlimited que da acesso a Salas Vip no mundo inteiro, isso é excelente.
    Pois bem, acho o cartão um excelente instrumento e uso de acordo com minha conveniência e concordo com os colegas que não gostam, cada um deve usar do jeito que mais agrada.
    Fiz esse texto apenas para mostrar outro aspecto do mesmo problema.
    Boa decisão, espero que eu contribua de alguma forma na sua tomada de decisão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente estratégia porém se trata de um trabalho ativo, pra mim não serve pq minha despesa mensal não chega a 4k, logo mesmo pagando até conta de luz no cartão não conseguiria atingir tais números. Sem dúvidas vc consegue fazer um bom negócio usando cartão dessa maneira.

      Com certeza cartão é ferramenta, é um aliado, mas tem que saber usar. Vc faz um uso profissional do cartão.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  11. Faz tempo que avalio e continuo avaliando se cartão com acumulo de milhas faz sentido pra mim. Gasto geralmente uns 1200 por mês com cartão, porque centralizo todos os meus gastos neles. Acho um valor muito baixo pra valer a pena acumular milhas. Daria pra fazer aquele esquema de ir acumulando e tentar trocar ou vender quando rolam aquelas promoções de 50 ou até 100% de bônus. Mas, sinceramente? Muito empenho! Eu fico recebendo e-mail do meu banco e de alguns programas de milhagem em que sou cadastrado e jogo tudo pro lixo sem nem ler. Não tenho paciência pra isso.

    Claro que cada caso é um caso, e pro cara que tem, sei lá, 5k em fatura de cartão por mês, deve valer muito a pena. Dá pra fazer uma viagem por ano tranquilamente.

    Eu tenho um Nubank desde 2015, com quase 5k de limite e um Visa Gold do meu banco com 8k de limite. Eles me cobram anuidade todo ano, eu sempre ligo pra negociar. Na real eu pago anuidade dessa porcaria sem nem usufruir de nenhum benefício. Nem sei porque to me enrolando pra cancelar isso. Acho que ainda tenho o germe da burrice de ficar pensando "nem uso esse limite todo, mas vai que um dia precisa?".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse, as milhas são um plus, o interessante mesmo desses cartões são os benefícios e seguros de viagem e aluguel de carro.

      Vou fazer um post a respeito das milhas e como costumo fazer para acumular mais e mais rápido.

      Todo mundo passa por essa inércia de não se mexer em relação à anuidades, o fato é que eles dificultam o cancelamento das coisas de propósito pra gente ficar com preguiça e empurrar de barriga.

      Excluir
    2. Essa questão dos seguros e aluguel de carros é interessante mesmo. Meu Nubank é Master Platinum e acho que com ele eu consigo esses benefícios também. Vou até dar uma olhada na lista de benefícios do meu cartão. O Visa Gold tem pouquíssimo benefícios interessantes...

      Excluir
    3. Deve ter sim pq os benefícios são do cartão e não do banco que emite. Vale muito a pena!

      Excluir
  12. Corey, fugindo um pouco do tema do post, mas puxando um gancho...

    Agora que você é assalariado, não te incomoda o fato de só poder viajar quando tiver férias marcadas?

    (se é que a empresa onde você trabalha é flexível para marcação de férias)

    Digo isso pois imagino que uma das grandes vantagens da independência financeira é não estar preso ao comparecimento na empresa ou cumprimento de metas/prazos e, por exemplo, poder aproveitar promoções de passagens/hotel em datas "alternativas" e poder desfrutar melhor das viagens sem a correria de saber que as férias vão acabar.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente questionamento.

      Ainda não incomodou por diversos motivos: viajamos bastante esse ano, estou no emprego à pouco tempo e por estar gostando fico empolgado e não penso tanto em viagens, e sabemos que esse ano é de ajustes, logo vai demorar mesmo pra chegar as férias.

      Porém acredito que daqui uns meses isso vai começar pegar mais pesado. Sobre conciliar as férias acredito que será sim possível, mas só vou saber mesmo qd chegar a hora.

      A vantagem é que vou querer pegar férias fora de temporada enquanto a grande maioria quer em janeiro ou julho, então isso é um ponto a favor.

      Sobre o tempo de férias acho que não vai fazer muita diferença pq sempre viajo não mais de 30 dias na sequência (mas é fato que ficarei todos os dias das minhas férias fora do Brasil).

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  13. Sigo um pouco a linha do 12:24. Cartões geralmente seguem a seguinte regra: precisou pagar anuidade ou gastos correlatos não vale a pena. Mas existem casos em que pode compensar e varia de pessoa a pessoa.

    Sobre o custo de oportunidade de 80 mil é bom lembrar que muitos bancos aceitam investimentos nas corretoras membros do conglomerado na contagem. Uma aplicação de baixo risco com títulos do tesouro: digamos que hoje seus 80 estão em uma corretora que cobre 0% de taxa e você migre para uma atrelada a um banco com taxa média de 0,25 ao ano. Isto dá 200 reais anuais aproximado (o cálculo não é uma simples multiplicação de taxa versus valor obviamente) e apenas isto já é abaixo de uma anuidade média ou pacote de serviços. Se você precisar fazer uma simples transferência acima do seu pacote básico no banco já acabou pagando mais que 16 reais (200/12) por mês.

    Por fim, as corretoras. Infelizmente dependendo do que necessite apenas meia dúzia de corretoras fazem o que você precisa. E dentre elas metade estão atreladas a grandes bancos, sendo assim a comparação entre qual escolher se reduz significativamente. Para algumas pessoas uma ordem de fechamento de posição ser executada durante o dia ao invés de ser executada o mais próximo possível do envio pode significar uma diferença muito maior que qualquer anuidade, isto por operação. HBs não se conectam a bmf, apenas com a corretora e cada qual tem sua velocidade de executar uma ordem eletrênica baseada em diversos fatores. Para alguns é irrelavante, para outros é uma diferença crucial. Cada caso é único.

    Minha relação com cartões nos últimos anos tem sido esta: já tive por vários anos o duo infinite / black das duas principais bandeiras, obviamente com isenção total de anuidade senão teria cancelado. Atualmente tenho apenas um deles e justamente pelos seguros de viagem, assim como você não contrato seguro a parte e eles ajudam muito na locação de veículo no exterior. Faço apenas uma viagem ao exterior por ano, o priority pass que vem junto ajuda. Outro benefício que já usei duas vezes foi a proteção do preço de cobrir a diferença se o produto cair. Em cada um destes usos já teria pago a anuidade toda e em ambos foram realizados burocracia. Quanto as anuidades, a operadora do cartão cobra normalmente porque minha relação é com o banco, não com ela. No mês do evento notifico a agência que realiza o depósito na minha conta corrente. A anuidade é gratuita, porém eu pago e sou reembolsado. O trabalho é uma ligação ou whatsapp com um dos responsáveis.

    Assim como o anon 12:24 tudo pode mudar do dia para noite. Enquanto as corretoras que necessito forem associadas aos bancos E quando não forem não oferecerem nenhuma vantagem em detrimento a estas, continuarei assim. O dia que algo mudar pode ter certeza meu caro, cancelarei no mesmo dia o cartão. Concordo plenamente com o café eu tomo em casa. Além de não ter anuidade/tarifa em banco existem outras vantagens pequenas, como almoços semestrais que baseado no restaurante já pagou alguns meses desta anuidade. As agencias tem esta verba e tem que gastar mesmo com os clientes, não adianta.

    Se você puder verifique como está a sua corretora em relação a uma atrelada a banco. Não sei de sua vida, pode ser que já está na mais adequada para você (ótimo), pode ser que tem melhor, ou pode ainda ser que existam outras do mesmo tipo. Cada caso é único. Você tem que analisar os custos totais destes seguros para você e esposa, da quantia de serviços bancários que usam, transferências, cheques, etc, etc. De resto é isto, nunca há uma solução para todos senão todos seguiriam. É analisar e decidir. Abraços.

    S-D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou pesquisar mais a fundo os investimentos que meu banco oferece, de repente acho alguma coisa menos ruim agora com a black friday e aí fica menos oneroso deixar esse montante no banco. Corretoras trabalho com Mirae e Rico, não acredito que possa tirar algum proveito delas.

      Nunca tive Infinite ou Black, qd foi me oferecido recusei. O "melhor" que tive foi o Amex que embora não tinha limite era bem tosco nos benefícios comparado até com o Visa Platinum (o mais legal eram as salas vip, mas quer saber, sempre que realmente precisei de uma sala Vip ela estava fechada ou não tinha no aeroporto e precisei dormir no chão do mesmo jeito).

      Sem dúvidas o mais relevante são os seguros, o custo deles é alto e mesmo viajando uma vez por ano já compensa (ainda mais em caso de família numerosa).

      Esse negócio de ter que entrar em contato pra pedir estorno de anuidade me chateia, acho muito trabalho.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  14. você já tentou negociar com outros grandes bancos em busca de uma proposta mais vantajosa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tentei, nem me atrai a ideia, até pq até onde vi não estou numa situação tão ruim assim comparada com os outros bancos.

      Excluir
  15. Qual grande banco que você precisa ter 80k para ficar isento de taxa?

    Os que eu conheço estão exigindo absurdos 150k investidos para ter isenção em conta Premium.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Satander é o banco do demônio. Não viu a exposição de zoofilia que eles fizeram e chamaram de arte?

      Excluir
    2. Pelo jeito todos estão aumentando esse mínimo, mais um sinal vermelho...

      Excluir
  16. Tenho essa bosta platinun, mas nao gosto.
    Só mantenho pelos mesmos motivos que vc.
    Abraco.

    ResponderExcluir
  17. Meu Nubank é Platinum, tenho o cartão American Express Gold, depois que o Bradesco migrou a plataforma (pois faz tempo que o American pertence ao Bradesco), ainda não me cobraram anuidade, mas se cobrar cancelo na hora, na verdade faço reclamações no reclame aqui e BACEN, deu certo com o meu do Porto Seguro !! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde que peguei o Amex já era Bradesco, acontece que com essa migração recente tudo piorou. No meu contrato não tinha escrito que a isenção de anuidade era eterna, então não tive o que reclamar qd decidiram cobrar.

      Excluir
  18. Excelente comparação entre as contas, muito útil

    Abraço e bons investimentos

    ResponderExcluir
  19. Então, Corey.
    Talvez dê para achar algum investimento com resgate automático no bancão que seja menos pior que a poupança.

    Aí já dá diminuir um pouco o prejuízo.

    Sobre entrar em contato para pedir desconto/isenção...É um trabalho que tenho todo santo ano. Não é agradável mas tipo virou um IPVA, um IPTU, uma troca de óleo do carro. Faço pela obrigação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles até tem uma LCI de 95% que não é tão ruim porém tenho receio que eles mudem as regras no meio do jogo, aumentem ainda mais o limite para isenção e eu precise ficar anos com essa grana lá. Então se decidir manter a conta ficarei na PP mesmo.

      Excluir
  20. Eu tenho conta salario no BB e ha uns 7 anos atras me deram a dupla Master Black/Visa Infinity porque gastei muito no cartao (fiz duas viagens internacionais naquele ano).
    Iam cobrar R$900 de aniidadd, mas a primeira era gratis. Por algum motivo, nunca cobraram anuidade, nunca perguntei pq pra nao levantar a bola.
    Mas enfim, indo ao ponto: hj ganho 2,2 milhas (no Elo Nanquim) por dolar, acumulo umas 80mil milhas por ano, e tenho seguro de US$1mi em viagem (no Master Black).
    Mesmo que pagasse anuidade, ainda assim podia vender as milhas por R$2mil, pagar a anuidade e ainda sobraria mais da metade de troco.
    Sem pagar anuidade nem no cartao nem na conta, a conta fecha muito bem pra mim.
    Vale fazer a conta de vender as milhas acumuladas. Sao mais ou menos R$30 pra cada 1.000 milhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente estratégia, é como disse ao amigo acima, é uma estratégia ativa, porém dá certo. Vc faz isso profissionalmente.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  21. Não imaginava que era tão difícil assim ter cartão Platinum. Eu não pago tarifa de conta nem anuidade de cartão. Atualmente estou no Itaú há 5 anos sem pagar nada. Antes era do Banco Real( q saudades) qdo o Santander assumiu virou um inferno. Não aceito pagar 1 centavo de anuidade! Se encherem meu saco, como o Santander fez, faço um cartão nas casas Bahia, tô nem aí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil não é, difícil é ter platinum sem pagar anuidade.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  22. O santander está dando 80% na anuidade do Black AA Advantage, será que vale a pena? Vem com Priority Pass. A porto tirou o Priority do Master Black.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só não confunda as coisas Anon porque o Santander tem o Black verdadeiro chamado Unlimited destinado ao segmento Private e o "blackinho" como é apelidado este aí destinado ao varejo, no caso o segmento Select. Com a venda do Citi para o Itau ele desmontou a parceria AA exclusiva que o Santander pegou, sendo assim a única vantagem do blackinho seria quem usa milhas do AA (na minha opinião até uns 2 anos atrás o black mais AA era disparado a melhor combinação) depois de tantas mudanças de pontuação e agora voltando ao varejo Santander ele deixou de ser algo atrativo. O Santander antes deixava a anuidade gratuita do cartão via pacote de serviços mas parece que agora isto foi desvinculado (não tenho mais conta neste banco para confirmar). Se tiver que pagar algo apenas para milhas AA deixa de ser vantajoso. Santander sempre foi péssimo neste quesito.

      A Porto jogou sujo 2 vezes no cancelamento do Priority, primeiro por cancelar depois por avisar que a decisão não foi dela mas da Mastercard. E como a Porto não é vinculada a corretoras e bancos, pagar deixou de ser vantagem também.

      A Mastercard mudou a parceria do Priority. Agora é uma coisa chamada "Mastercard Airport Experiences" que vem em parceria com o LoungeKey. Clientes do Citi o Lounge vem meio a parte, você usa, é cobrado a taxa de cerca de 30 dólares por uso e só contactar o gerente que ele estorna o valor, quer dizer, perdeu-se o benefício mas o banco ainda continua dando. Até quando? Pouco tempo, porque agora é Itaú quem decidirá.

      Enfim, eu comentei acima e outros anons também. Você precisa verificar mesmo os serviços que você usa, todos os seguros, colocar tudo no papel. Depois verificar suas corretoras, banco, etc e decidir se vale a pena ou não cada cartão para você. Platinum cobra anuidade baixa e isenção é praticamente 100% garantida para todos, porém milhagem ruim e apenas seguro de bom. Blacks exigem uma certa análise para ver se é apto a receber, anuidade gratuita geralmente precisa ser private mas conta com serviços melhores e seguros maiores. Para tudo você precisa sentar e fazer as contas. Procure um site chamado falando de viagens, busque pelos blacks e outros cartões de diferentes bancos, eles deixam listado arrumadinho os requisitos, condições, seguros, e as pessoas que postam lá ajudam muito porque deixam claro como funcionam as coisas.

      De modo geral cartões são excelentes mas uso a seguinte regra: tem desconto em dinheiro, papel moeda? Pago assim. Não? Tem desconto em cheque? Que vá de cheque (proibindo endosso). Tem desconto em débito? Vá de débito. Não tem desconto nenhum? Apenas nesta situação o crédito. Geralmente o último caso acontece em compras "virtuais" aonde não há negociação, estabelecimentos de fora do país, compras como supermercados, etc. Sabendo usar e comprando em 1x cartões são excelentes, mas precisa fazer conta pois cada um é um, e convenhamos, não é o forte da maioria.

      Abraços.
      S-D.

      Excluir
  23. Olá Corey! Fala sobre a black friday!!

    ResponderExcluir
  24. Ola Corey,

    Eu nao pago cartao de credito que é integrado ao meu banco onde recebo salario, entao nao tenho muito o que comentar.

    Possivelmente eu usaria Nubank caso tivesse que pagar uma anualidade ou mensalidade.

    So uso cartao de credito em ultimo caso, prefiro sempre pagar a vista.

    Abraçao

    ResponderExcluir
  25. To na mesma situacao do Corey... cartao platinium e conta santander... Eu acabei fazendo um CDB Recompensa que agora ta em 101% do CDI, coloquei 150k na epoca e depois saquei e deixei somente 80k! Nao cheguei a colocar na ponta do lapis se eh a melhor opcao, mas o ganho com milhas é grande com meu gasto na casa dos 3 a 4k mensais no cartao, ainda mais com diversas promocoes como essa de agora que o cartao passa de 1,3x para quase 5pontos por dolar durante 4 meses!! Eu nao uso as milhas mas vendo e com o dinheiro acabo comprando passagens, acho que compensa mais pela liberdade de datas e empresas... enfim, nao vejo como deixar o cartao de lado, agora se compensa aplicar os 80k na corretora e o ganhar ser maior que do a anuidade do cartao eu nao sei, pode ser uma boa!

    ResponderExcluir
  26. O Banco Inter oferece cartão Mastercard Platinum sem anuidade para quem investe mais de R$50 mil. Só não tem programa de pontos nenhum. Se estiver de olho só no seguro e demais vantagens, vale a pena. Eles têm renda fixa razoáveis. LCI de 360 dias está 94% do CDI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato... eu faria a "reserva de emergência" no Banco Inter, no CDB de Liquidez diária que está 99% do CDI (ou 104 para quem participa dos grupos de investimentos) e pegaria o Cartão Platinum deles para utilizar na compra de passagens e aluguel de carros, ganhando o seguro por eles, e utilizaria outro cartão sem anuidade para acúmulo de milhas.

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.