terça-feira, 31 de outubro de 2017

Updates do 200tão e Divagações sobre Conquistas

Dia 2 de setembro fiz um post pedindo a ajuda dos leitores sobre o que eu poderia fazer com 200k que estaria pra receber. A história desse dinheiro é a seguinte: o comprador de uma das minhas lojas demonstrou vontade de adiantar boa parte das parcelas que ainda tem para me pagar, disse que estava fechando a venda de outra loja e que gostaria de negociar um abatimento em troca do adiantamento de parcelas. Confesso que não me animei muito com isso, afinal teria que dar um belo desconto em prol de tal adiantamento que, na minha opinião, não seria legal, afinal eu prefiro receber em parcelas porém um valor maior. Esses 200k representariam quase 300k parcelados segundo a proposta dele, o que não mudaria muita coisa numa contra-proposta. Resumo da ópera: a venda da outra loja dele não vingou e por enquanto não terei os 200tão na mão, continuando assim, recebendo as parcelas mensais.


Alguns podem pensar: mais vale um pássaro na mão que dois voando e sou desses, sou cagão e troco dinheiro por segurança e paz de espírito. Porém esse caso é diferente, conheço a honestidade da pessoa (sou dos que ainda fazem negócios pelo fio do bigode), conheço o fluxo de caixa da empresa, sei que as parcelas serão pagas e que um calote só viria num armagedom do mercado (o que também é algo a se considerar...). Acontece que o dinheiro que ainda tenho a receber da negociação das lojas é talvez o último grande dinheiro que eu veja na vida, é a grana que será usada pra comprar meu caixão, portanto quanto mais, melhor. Mesmo se um dia volte a empreender provavelmente não conseguirei tal montante pelo simples motivo que não tenho mais saco e saúde pra assumir riscos fortes em troca de altas rentabilidades, outro motivo é que nosso salário mesmo sendo o dobro do valor necessário para manter nosso padrão de vida, não é o suficiente pra criar uma soma interessante no curto prazo.

O risco de esperar para receber é um risco que aceito correr. Muitos podem pensar: "Corey, pega esse dinheiro, investe em X, Y ou Z e você recuperará o desconto em pouco tempo...", porém como sempre digo, só entro em negócio que conheço e por conhecer a loja (afinal foi minha por diversos anos), a maneira da pessoa trabalhar, seus funcionários e o mercado consumidor, acredito que o risco de esperar pra receber é bem razoável. Para quem olha de fora isso tudo pode parecer surreal, mas pra quem está por dentro é factível. Vou dar outro exemplo: quando algum blogueiro diz que ganha 100 dólares (ou 1000 dólares) por mês com ad-sense ou quando alguém diz que vive de projetos digitais eu custo a entender como isso é possível. Muitos olham o empreendedorismo de fora e também não entendem como alguém se dispõe a correr o risco de calote esperando uma empresa administrada por uma pessoa  pagar prestações mensais durante anos. Estranho, mas dentro da minha zona de conforto.

Veja que quando criei o blog, em 2012, eu havia acabado de sair das dívidas, vendido a primeira loja e meu patrimônio era um apartamento de 40m², um carro popular de 3 anos de uso e 10k na poupança. Em menos de 8 anos comprei outras lojas, vendi, comprei, vendi, comprei, vendi, comprei, quebrei a cara, vendi e estou com conforto financeiro. Foram esses rolos de empresa e o bom momento do país que peguei que me proporcionaram a IF que tenho hoje, dificilmente os astros se alinharão novamente dessa maneira. Sou muito grato e contente com o que consegui conquistar nesse curto espaço de tempo. Muitos comentam que eu sou um fracassado, afinal estou trabalhando de empregado enquanto tempos atrás era empresário (já desisti de explicar as razões disso), dizem que me acho um vitorioso mas na verdade não conquistei grandes coisas. Digo que pra aquilo que fui treinado (ou seja, pra nada), pelo nível de conhecimento técnico sobre empreendedorismo que adquiri, pela grana que investi e pelo curto espaço de tempo que tive, sou sim um vitorioso e sou muito grato por tudo o que conquistei.

Bia e eu temos 30 e poucos anos, se daqui pra frente conseguirmos apenas empatar nossas receitas e despesas, se conseguirmos não perder o dinheiro que ganhamos durante os anos de empreendedor e com a venda das lojas, se apenas fizermos isso, já será o suficiente pra ter uma velhice tranquila. Sou extremamente grato aos Deuses e forças superiores (you name it!) por isso. Um tonto, sem formação empresarial alguma, vindo de uma família metida a besta porém pobre, desestruturada e sem histórico de sucesso, conquistar o que conquistei?! Sou muito feliz!!!

72 comentários:

  1. Parabéns por você ser grato pelo conquistou, talvez se seu pai pensasse assim, não teria quebrado tantas vezes e sua situação seria outra hoje em dia (para o melhor ou pior - who knows?).

    Corey, sei que trabalho é extremamente importante para você, mas pensando um pouco fora da caixa:

    Suponhamos que a bia ganhasse 20k por mês e vocês já tendo a reserva financeira que possuem, você toparia ser dono de casa? Seria feliz administrando o lar e tal?

    Um abraço e muito sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes fico feliz por meu pai ter feito tanta cagada, pq se tivesse ido bem na vida talvez tivesse me mimado e eu seria um cuzão na vida.

      É uma boa pergunta porém fácil de responder: aqui em casa as tarefas sempre foram de quem tivesse mais tempo. Simples assim. Não tem pq um de nós ser "dono de casa" pq não há tanto trabalho assim. Não temos filhos, o apartamento é pequeno, temos poucas coisas, portanto a manutenção da casa é super rápida e tranquila.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. viva o minimalismo :)

      Excluir
  2. Parabéns. Gratidão é tudo. Com tudo o q passou e conquistou não dá pra falar q é um fracassado. Esquece isso q falam.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Corey , vc é campeão sim . Sucesso .

    Guto.

    ResponderExcluir
  4. Fala Corey!

    Um fracassado que conquistou a IF em 8 anos? ahahah você é sim Vitorioso man!

    Parabéns pelas conquistas, agora é só manter

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso o mesmo, agora o segredo é manter, não perder dinheiro e ter cautela.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Parabéns Corey, começei meu blog há pouco tempo, espero evoluir bastante assim que nem você em 8 anos. Parabéns !! Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Você é um cara esperto, não tem dívidas nem filhos. Se não cometer erros imbecis vai ficar bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero ter deixado minha cota de erros imbecis pra trás!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Conhecimento também não tenho filho e não quero ter, só não pode esquecer de doar toda sua fortuna na velhice ou criar uma holding que é muito melhor que fazer doação direta.

      Também pode jogar todo seu dinheiro na velhice para desenvolvimento de projetos científicos por meio de uma apólice de contrato, mas não vá cometer erro de deixar dinheiro para algum burocrata da maquina pública ou algum parente safado.

      Abraço

      Excluir
    3. "só não pode esquecer de doar toda sua fortuna na velhice ou criar uma holding que é muito melhor que fazer doação direta."

      Explica esse lance de holding please! 🤔

      Excluir
    4. Existe diversos artigos na internet falando sobre isso, joga no google holding familiar.

      Basicamente você abre uma empresa PJ com participação em negócios reais.


      No estatuto da hodling você coloca um gestor profissional para gerir sua fortuna deixando de fora parentes.

      No caso parentes tem apenas participação cotas nessas empresas, dependendo do estatuto não podem mandar na holding sem obter maioria das ações votantes, apenas recebem dividendos conforme suas participações na holding.

      Resumo você abre uma empresa aonde todos seus bens são geridos na PJ e delega uma participação pequena participação em cotas para seus filhos, parentes etc

      Existe diversos tipos de holding no mercado: Gosto bastante da holing mista aonde você tem participação de outro sócios nos negócios,inclusive você pode escolher a dedo seu sucessor na holding, este por sua vez nem precisa ser seu parente.



      Ex: Itaúsa é a uma holding da família Setúbal, villela e Moreira Sales etc

      Outro bilionário que opera neste esquema é o warren buffet com a Berkshire Hathaway.

      Basicamente a ideia deixar todos seus bens numa sociedade de empresas e delegar administração dos bens para um profissional.

      obviamente custos são proibitivos para pessoa físicas normais , mas para quem já passou da casas do milhões é uma opção viável.

      A maior parte dos ricos atualmente deixa seus bens em holdings familiares, quando este morrer a questão dos espólios não vai para inventário direto, opção viável até para fins tributários.
      EX tributação no primeiro mundo passa de 40% do patrimônio conquistado em vida.

      Boa partes dos ricos atualmente opera por meio de holding familiares.

      Abraço




      Excluir
    5. Ainda não parei pra pensar nisso, mas confesso que não é um assunto que me traga interesse agora. Provavelmente vou torrar boa parte do dinheiro e depois vou doar para alguma instituição que eu acredite ser merecedora.

      Excluir
  7. Lembro do post. Fui o anônimo que recomendou você entrar devagar em alguns fundos imobiliários que não tinham subido tanto e colocar o resto na poupança. De lá pra cá, eles subiram. GRLV11 saiu de 1000 pra 1133, CTXT11 saiu de 4,25 pra 4,84, RNGO11 saiu de 88 de 93, JSRE praticamente não alterou, saiu de 97,5 pra 100. Enfim, a maioria subiu mais de 10%, RNGO11 subiu 5% e o JSRE subiu uns 2%.

    Mato a cobra e mostro o pau.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa! Valeu as dicas e por ter voltado pra contar o resultado da sua sugestão.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Muito bom. Também saí do zero e não preciso trabalhar mais. Eu e minha esposa continuamos a trabalhar para juntar dinheiro e deixar minhas filhas com uma situação de vida legal. Não tem carro caro, casa cara ou qualquer coisa cara que pague a paz de poder dizer em letras garrafais: EU TRABALHO POR PRAZER E NÃO POR PRECISAR TRABALHAR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Não tem carro caro, casa cara ou qualquer coisa cara que pague a paz de poder dizer em letras garrafais: EU TRABALHO POR PRAZER E NÃO POR PRECISAR TRABALHAR."

      Assino em baixo! Infelizmente isso é algo muito difícil das pessoas entenderem, até mesmo por aqui cujo público frequentador é de gente que pensa fora da caixa de vez em quando aparece alguém inconformado por eu trabalhar pq gosto.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  9. Corey, você e Bia estão ótimos! Depois que li que você deu esse boom no início da década e em cinco anos está com IF, melhor ainda. Ainda estou longe de alcançar porque sou casada e tenho uma filha, e além de meu marido não ter nenhuma consciência financeira, tenho custos fixos com minha filha que não dá para abrir mão: escola, transporte, psicóloga e fono.
    São questões que fogem da minha alçada mas faço o que posso e sempre tem um trocado economizado no fim do mês.
    Essa galera fala demais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia, ter um parceiro com pensamentos alinhados é fundamental nessa jornada, espero que vc consiga dobrar seu marido. Tenho muita sorte por ter a esposa que tenho.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. Você mesmo já se descreveu como um cagão com relação a negócios.
    Mesmo assim vcê conseguiu sucesso financeiro num tempo relativamente curto. A que isso se deve?

    Empreender pode trazer bons lucros, mas muitos empresários chamam a atenção para as margens de lucro baixas (segundo eles) a regulamentação, burocracia, custos etc.
    Mesmo assim você se desenvolveu num espaço de tempo bem razoável. Se consdera exceção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me considero exceção, tem muita gente ganhando dinheiro mas quase sempre não são vistas, parecem que são invisíveis: o cara da quitanda, o da desentupidora que vive fedendo merda, o açougueiro... esses caras não possuem glamour algum e mesmo assim fazem muito dinheiro.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. "o cara da quitanda, o da desentupidora que vive fedendo merda, o açougueiro... esses caras não possuem glamour algum e mesmo assim fazem muito dinheiro."

      ai vc falou uma verdade amigo!

      Excluir
  11. Que bom Corey que se sente assim. Eu caminho no sentido oposto, me sinto um "loser".

    Eu passei bons anos buscando grana no mundo corporativo tradicional, exercendo uma função não tão interessante(afinal,eu precisava da moeda), hoje minha remuneração é +- três vezes menor daquela que imaginava ideal, aportei e hoje tenho uma reserva de 290K, minhas tentativas de sair casa dos pais deram todas erradas, relacionamentos idem, tenho 36 anos.

    O que me espera? Mas 30 anos batendo ponto. Não, não dá mais para mim.

    Resolvi parar.
    Falhei no processo de construir o meu Lifestyle Ideal e hoje tenho convicção de que nunca vou ter a vida no patamar que imaginava.

    Em janeiro coloco um ponto final na vida nos termos citados acima.

    Começo uma nova(se é que é possível isso), vou pegar minha lista - 10 Coisas para Fazer antes de Morrer(todo homem deve ter, minha opinião), quem sabe me redefino como um Cara Vitorioso.

    Meu primeiro alvo é pegar 100k e viajar até zerar a grana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei dos detalhes da sua vida.
      Mas em termos financeiros sua situação não é tão ruim, a maioria dos brasileiros não tem 290k, sei que pode parecer pouco porque talvez você tenha tipo oportunidade para estar mais á frente. Mas mesmo assim é uma situação razoável e ainda há tempo pra buscar mais.

      Sou um pouco mais novo tenho menos dinheiro e também tenho vontade de mudar de vida, as o difícil é saber como... Nesse ponto eu entendo perfeitamente.
      Mas não há muito o que fazer, é tentar tocar a vida pra frente.
      Se quer viajar, viaje só aconselharia a não gastar tanto, pode fazer um pouco de falta mais á frente, mas é só um ponto de vista.

      Excluir
    2. Cara desculpe, mas vc esta ficando chapado! kkk

      Esse pais e uma porcaria, e ta todo mundo meio fodido, sao pouquissimos vitoriosos em meio e uma caralhada de fodididos.

      Cuida dessa grana ou vc vai é se foder de vez.

      Excluir
    3. Cara desculpe, mas vc esta ficando chapado! kkk

      Esse pais e uma porcaria, e ta todo mundo meio fodido, sao pouquissimos vitoriosos em meio e uma caralhada de fodididos.

      Cuida dessa grana ou vc vai é se foder de vez.

      Excluir
    4. 300k não é nada mal, amigo. Não escolha perder, você tem a vida toda pela frente.

      Excluir
    5. Anônimo, como o colega disse, sua situação é muito melhor que grande parte das pessoas, 290k é dinheiro pra kct. Pelo pouco que vc relatou acredito que os erros estão em querer um padrão de vida elevado (sou suspeito sobre isso, sou minimalista e isso me ajuda muito) e por faltar um pouco de atitude. Lamento mas "minhas tentativas de sair casa dos pais deram todas erradas" não cola, não existe desculpa pra isso... o que aconteceu? Sua mãe te parafusou na cama?

      Essa idade é complicado, a gente quer mudar de vida a qq custo e isso pode ser perigoso (eu que o diga...). Do resto acho que vc pode ter uma vida muito tranquila batendo ponto, tudo se ajeita, basta querer.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    6. Sou o Anônimo 31 de outubro de 2017 15:42

      Valeu as mensagens. Corey, você tocou em um ponto nevrálgico, que é o tal do padrão de vida elevado. Realmente vivi isso até meados dos 30 anos, depois desacelerei. Caso contrário não teria um "puto" no bolso.

      Quanto a sair de casa e voltar, você está sendo extremista, há muitos fatores envolvidos. Você deu sorte com sua companheira, seja grato por isso.

      Por exemplo, para que vou pagar aluguel(em SP não é barato, mesmo sendo kitnet/studio em um bom lugar) e tudo mais, se tenho um quarto na casa dos pais? Além das comodidades de uma roupa passada/lavada.

      Morar solteiro para bancar de independente bem resolvido, ferraria meu aporte e não traria grandes benefícios.

      Me meti em relacionamentos fui morar junto e não deu certo, isso é normal. A volta para casa está mais que justificada.
      Basta querer? Mais uma vez você está simplificando algo complexo. Não, não dá mais cara. Estou naquela crise dos trintão. Olha para trás não foi grande coisa, olha para frente perde a esperança. São +-18 anos batendo ponto. Devo mesmo aceitar e ficar nessa? O trabalho suga preciosas horas da minha vida, já não tenho mais tanto tempo, não sou um guri.

      Com a grana que tenho vou buscar experiências que tragam significado para minha vida. Abraços. Boa discussão, não encontro pessoas para falar sobre isso.

      Excluir
    7. Raramente comento em blogs, mas hoje estou com tempo e vou dar alguns pitacos por aqui.

      Para o anon dos 290k...

      Moro numa kitnet fuleira com 38 m2
      Até hoje nem tirei carteira motorista.

      - Trabalhei 3 anos em metalurgia
      - 1 ano temporário para o governo
      - 4 anos como peão de obra
      - 1 ano como vendedor e caixa em loja
      - 2 anos fazendo bicos
      - 3 anos desempregado

      Tenho mais de 30 e só agora estou começando sentir gostinho de ganhar dinheiro, e felizmente não tem nada haver com emprego&carreira.


      Sobre torrar grana toda esquece , se o fizer vai se arrepender amargamente, caso queria desanuviar cabeça compre estes 290k em FII que te paguem entre 7 e 8% a.a com renda perpetua, são poucos mas existe no mercado.

      Com 290k rendendo 8% em FII você consegue 23.200 para gastar com as tais ( experiências) sem dilapidar seu patrimônio, são 2 mil reais por mês para tu gastar com essas boas experiências KKKK

      Agora se tu quer uma vida de luxo nesse país socialista esquece , nem no primeiro mundo anda valendo apena ser adepto do estilo de vida "Carpe lote", ops carpe diem.

      Com 290 neste país socialista anda melhor que 80% do meus amigos que possuem a mesma idade que você.


      Abraço








      Excluir
    8. Mestre, você tem um Patrimônio considerável pro nível cidadão comum brasileiro.
      Mesmo assim você se descreve como um cara sem patrimônio físico, casa,carro etc.
      Aí eu te pergunto:

      Como você lida com parentes, amigos, conhecidos etc que por ventura perguntem o que você faz com seu dinheiro?
      Já sofreu bullyng por não ter carro?

      Enfim é visto como um ET por outras pessoas?

      Excluir
    9. você já conheceu caras esquisitões tipo cientista maluco? Pois é este sou eu!

      Posso falar que moro distante da minha família há anos e tenho pouco contato com eles.

      No meio em que vivo não sou obrigado a forçar status, minhas funções são meramente mecânicas e intelectuais.

      Faz alguns anos que evito qualquer meio aonde você precise ser sociável para ser aceito.

      Atualmente me sentiria mais feliz fazendo experimento químicos dentro de uma laboratório do que socializando por ai afora.

      Apesar disso gosto bastante atividade físicas etc , mas sou um cara introvertido na personalidade.

      Portanto não sinto nenhum tipo de carência no que tange socialização ou algo do tipo, gosto mais de contemplar minha conta na corretora do que um bem material recém adquirido.

      Abraço


      Excluir

    10. Sempre digo que morar sozinho, ainda mais após os 30, não é despesa e sim investimento na sua vida. Desculpe a sinceridade mas talvez grande parte do seu "fracasso" (não que eu o considere como tal) seja devido ao fato de não ter cortado o cordão umbilical. Apego familiar é muito prejudicial, acredite. Vc não precisa casar e ter um bom relacionamento pra ter prosperidade, claro que isso ajuda muito, afinal duas pessoas lutando por um só objetivo é sinérgico, porém morar com os pais pq é barato e cômodo não me parece uma atitude muito vencedora.

      Concordo com a estratégia do Mestre, faz muito mais sentido investir o principal e torrar o rendimento. Quem sabe assim a ideia de morar sozinho não lhe faça mais sentido...

      "Faz alguns anos que evito qualquer meio aonde você precise ser sociável para ser aceito." - tb estou nessa. A sociedade como um todo não entende quem dedica a vida pra viver invés de ter tranqueiras, portanto não vale a pena perder tempo com isso. Tb sou muito anti-social

      Excluir
    11. Alugue uma casinha e um quiosque a beira mar no nordeste, trabalhe 6 horas por dia vendendo algo e coloque a grana pra render em algo seguro. Terás uma vida muito boa desta forma. Mas antes voce pode fazer a tal viagem sem gastar 100k; gaste uns 30k no máximo e volte a ter uma vida simples, normal e feliz.

      Excluir
  12. Mais vale um pássaro na mão que dois voando.
    Veja o meu exemplo: em julho emprestei R$12,5mil para uma pessoa de confiança ir para Portugual. Chegando lá, a pessoa passou mal e teve que voltar, sem eira e nem beira. Chegando aqui foi diagnosticado com uma doença grave.
    Não pensei duas vezes: deixei bem claro que ela deve cuidar da saúde primeiro, não quero mais receber os juros e ela me paga quando e se puder. Não vou carregar uma morte na consciência por causa de poucos milhares de reais.
    Mas onde entra a sua história nisso tudo? kkkkkk
    Você não está sopesando o imponderável! E se o cara simplesmente atravessar a rua e for atropelado? E se um incêndio destruir a loja?
    Pra mim vale muito mais a pena o dinheiro na mão do que correr riscos por um lucrinho de nada que não mudará a sua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caralho kkk
      A gente nunca imagina que essas coisas possam acontecer. Controle de risco não tão bom.

      Excluir
    2. Excelente ponto de vista, tem que pensar nessas coisas mesmo, porém nisso estou tranquilo, o negócio é blindado em contrato:

      1- Em caso de calote explícito eu assumo a loja de volta e o sujeito perde o que pagou
      2- Existem avalistas
      3- Existem propriedades colocadas como garantia

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  13. Corey, se vc não recebeu os 200k de uma vez para investir, como vc usa as parcelas que recebe da venda da loja? Gasta ou investe? Se investe, em qual ativo?

    ResponderExcluir
  14. Haha bom ver seu jeito de fazer negocios, é meio meu jeito la nos imoveis.

    Temos que agradecer e ter orgulho do que fazemos, nao é facil arriscar sendo empreendedor no Brasil.

    Abraçao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí VdC, temos que nos orgulhar por tudo o que conquistamos indo contra a maré pessimista.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  15. Vc é um vitorioso e uma inspiração!!!!

    ResponderExcluir
  16. Qual seu patrimonio atual Corey? E qual o fluxo renda mensal?

    ResponderExcluir
  17. Acredito que no meu caso eu receberia os 200k de amortização e ainda renegociava sobre as parcelas que faltam.

    Já no ponto de vista do cara, eu não pagaria os 200k. Deixaria os 200k rendendo em algum lugar, pois até eles podem dar uma ajudadinha nas parcelas.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por fim não deu certo, a grana não apareceu, rsrs!

      Excluir
  18. Corey,

    Essa sua postura perante ao seu sucesso é muito boa! Você aparenta ser um cara super capaz porém atribui seu sucesso ao "alinhamento dos planetas".

    Eu gosto muito de pensar assim em relação a minha vida e meus sucessos também. Com essa mentalidade a gente sempre se põe em uma posição de humildade e acaba "correndo o risco de dar sorte de novo".

    É muito melhor se considerar humilde e "errar" se descobrindo super capaz do que se considerar super capaz e errar se descobrindo realmente um cara de sorte.

    Mentalidade é tudo!


    Aproveitando...
    Dei um tapa nos meus RSSs da blogosfera de finanças. Coloquei os 10 últimos links na barra lateral e fiz uma página que lista todos os sites da finansfera que conheço e acompanho.

    Adicionei seu blog lá! Se puder me adicionar no seu também, ficarei muito agradecido!

    Dá uma olhadinha pra ver como ficou: http://enriquecendo.club/blogosfera-de-financas/

    Abraços
    Enriquecendo.club

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentalidade é tudo mesmo, se a cabeça não funciona, nada vai funcionar direito... Mas realmente acho que boa parte do que tenho foi sorte mesmo, tinha tudo pra dar errado e deu certo!

      Em breve postagem sobre o blogroll, aguarde!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  19. Fracassado podendo se manter sem trabalhar?
    Nem 1% da população brasileira tem isso. A grande maioria da dita classe média alta não pode passar um mês sem salário.
    Eu particularmente acho que você parou muito, mas isso é de acordo com as minhas ambições. Eu gosto de viver bem, me vestir com roupas boas, frequentar lugares bons, viajar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, grande parte da classe média vive pay check to pay check, sem folga alguma. Sou muito grato pela tranquilidade que tenho.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  20. Filósofo da FFLCH1 de novembro de 2017 03:59

    Acumulando milhares, talvez já tenha milhão de reais, e a classe operária passando fome. Vc se orgulha desse estilo burguês nem aí pra tua responsabilidade social como cidadão?

    2018 está aí, já tá mais do que na hora desse governo golpista dar o fora e o presidente do povo voltar! Brilha nossa estrela!

    ResponderExcluir
  21. Corey, vc pensa em diversificar parte do seu património no exterior?

    ResponderExcluir
  22. Olá Corey, não há dúvidas que você é bem sucedido. Só acho que deveria continuar tocando o barco como empreendedor, pois 30 e poucos anos é muito jovem ainda pra parar. Na verdade é nas fases dos 30-40 que ganhamos mais dinheiro, estou vivenciando isso em minha carreira. Mas respeito sua opinião em priorizar sossego e saúde.
    Estou com 30, já tenho um negócio próprio mas a renda não chega a 20% do que ganho. Gostaria muito de desenvolver o empreendedorismo mas por enquanto essa veia não apareceu ainda no meu braço, valeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente nessa fase os ganhos costumam ser maiores, mas como geralmente as coisas são proporcionais, nessa fase geralmente se gasta mais, muitos tem filhos, imóvel financiado, carro etc.
      Nessa fase também muitos já se estressaram com suas profissões e ocorre que ocorreu com o Corey que abandonou o empreendedorismo e com uma anônimo mais acima que está insatisfeito com o que conquistou.

      Você tem razão também no que disse, mas como cada pessoa é um universo existem muitas variáveis nesse contexto.

      Excluir
    2. A fase que mais ganhei dinheiro foi a partir dos 23, talvez isso foi meio precoce comigo... Aliás quase tudo na minha vida foi precoce o que não significa certo ou errado, ruim ou bom.

      A merda é que a idade que estou (30's) é uma fase de contestação. Quase tudo não parece bom e as chances de fazer merda pra tentar melhorar o que não precisa ser melhorado aumentam exponencialmente.

      Excluir
  23. Com certeza vc é um vitorioso, e como um colega disse acima, uma inspiração para muitos de nós! Parabéns.

    ResponderExcluir
  24. excelente post. parece que é um bom momento para se estudar mais ainda sobre finanças, já que você atualmente vive disso.

    abç!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e não. Sim, é a hora de estudar mais sobre finanças e não pq na verdade não vivo dos meus investimentos e sim do meu trabalho.

      Excluir
  25. Parabéns Corey, você venceu, e nem precisou ser engravatado e ter uma SUV para se dizer que é vencedor. Não sei se é o seu avatar ou o modo que você se expressa, mas eu imagino você pessoalmente como uma pessoa daquelas mal-humoradas hahaha brincadeira !!! valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Stifler, já fui muito mais rabugento, aliás eu era chato pra cacete, mas estou mudando isso pouco a pouco, concluí que ser reclamão e rabugento não me leva à lugar algum e que uma atitude positiva faz muita diferença na vida.

      Excluir
  26. Eu acho que hj como empregado vc deve ter menos apurrinhação que quando era patrão, percebo muito isso por aí. No seu caso se confirma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem a menor sombra de dúvidas. A sensação de acabar o expediente, bater o dedo, virar as costas e deixar absolutamente todos os "problemas" do trabalho no ambiente de trabalho é uma das coisas mais maravilhosas que existem! Se metade das pessoas soubessem disso o mundo estaria muito melhor.

      Excluir
  27. Vc deveria escrever um livro: As crônicas de Corey

    As historias com suas lojas sao as mais interessantes. Nao concordo com MUITO do que vc pensa sobre a vida, mas sua trajetoria parece ser mítica.

    Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro está sendo amadurecido na minha cabeça, quem sabe em 2018...

      Excluir
  28. Corey, as lojas que você tinha eram franquias?

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.