segunda-feira, 26 de setembro de 2016

"E sobre o sonho de morar no exterior? Morreu?"

"E sobre o sonho de morar no exterior? Morreu?", eu já aguardava essa pergunta após meu último post e ela foi feita pelo companheiro "Simples e Prospero". Nesse post vou responde-la de maneira objetiva.

Venho a muito tempo falando sobre meu desejo de morar no exterior, boa parte dos posts do blog são relacionados de alguma maneira com isso, repito que o Brasil está longe de ser um bom lugar pra se viver e que existem N países melhores, etc, etc... Por que caralhos justo agora que tenho uma situação financeira confortável eu ainda não me mandei?

É preciso entender que estamos num momento fantástico para o flipping de comércios, ou seja, comprar um negócio ruim, levanta-lo e vender com um baita lucro. É justamente isso que sei fazer melhor, é isso que me atrai no empreendedorismo, essa é minha experiência... Tem um monte de excelente comércios por aí esperando um pouco de investimento pra decolar. Por que não aproveitar essas oportunidades? Você acha que grandes empresários gostam de morar na China, Índia ou Angola? Você acha que eles aprendem falar chinês porque acham um idioma bonito? É claro que não! Nêgo se submete a morar nesses buracos do mundo porque são verdadeiras minas de ouro esperando pra serem exploradas, um mundo de oportunidades. Brother, em última instância dinheiro é o que importa, não existe excesso de dinheiro, dinheiro compra quase tudo nessa vida...

Perante esse cenário Bia e eu decidimos ficar mais um tempo e ganhar mais dinheiro, decisão que tem se mostrado muito sensata. Não sei se teremos outro momento tão favorável a esse tipo de negócios, então o ideal é aproveitar enquanto dá. Agora que estou de cabeça fresca, sem muita pressão, tudo parece ser mais simples e fácil. O negócio que estou fazendo agora pode me render em menos um ano dinheiro suficiente pra um ano sabático em outro país. Por que eu não aproveitaria isso?

Enquanto tenho que ficar por aqui vou levando uma vida simples e desencanada. Não me preocupo mais com coisas sobre as quais não tenho controle, não tenho que me preocupar em traçar um plano de negócios a longo prazo para a empresa porque afinal de contas em breve ela será vendida, enfim, tudo está mais fácil.

Respondendo a pergunta: não, o sonho de morar no exterior não morreu, pelo contrário, está mais forte do que nunca, porém sou um cara que gosta de aproveitar as oportunidades que a vida traz.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Updates

A falta de vontade de escrever no blog até que está passando mas fiquei tanto tempo longe da blogosfera que me sinto um tanto perdido. Pobretão não tem mais blog, VR reapareceu, tem umas tretas rolando... Enfim, não sei se vou pegar o bonde... Preciso de ideias de postagens.

Eu vou bem, obrigado! Trabalhando bastante, usando toda a experiência que acumulei nos últimos tempos num novo e audacioso projeto. Vai dar certo? Sinceramente não sei, dessa vez não posso dar certeza, mas se rolar do jeito esperado será um ótimo money maker de médio prazo. A vida é assim, meus amigos, você arrisca, você fica com o cu na mão, você se chateia, você tem altos e tem baixos. 

Acredito que o Brasil está passando por um excelente momento para o empreendedorismo nu e cru, o empreendedorismo sem frescurite, sem palco, sem start-up, sem BNDES, sem Sebrae. O empreendedorismo que visa única e exclusivamente ganhar dinheiro, afinal é pra isso que as empresas servem. Quer satisfação pessoal? Vai fazer trabalho voluntário, não abrir uma empresa! O fato é que está ocorrendo uma quebradeira de empresas provocado quase sempre por queda de faturamento devido a crise (ou medo do consumidor em gastar) e principalmente por má gestão. Pequeno empresário não pode ter dívida, ponto final. Porém a grande maioria dos comerciantes vivem alavancados e pior, alavancam na PJ pra gastar na PF. O resultado disso é catastrófico, um monte de comércio bom está quebrando, outro tanto está a venda por preços baratos. Comércios antes negociados a partir de 4 vezes o movimento estão sendo vendidos a 3, as vezes até 2 vezes e com prazo ainda por cima. É um excelente momento pra quem faz flip com negócios. Veja um exemplo real de uma loja anunciada do OLX:

2014: faturamento: 50 mil, preço anunciado 250 mil (vendedor inflexível, empresa endividada porém pagando tudo em dia)
2016: faturamento: 30 mil, preço anunciado 70 mil (vendedor aceita carro, financiamento, carta de crédito, cheques, duplicatas..., empresa com dívida em diversas instituições)

Bom, como eu venho dizendo, não vou divulgar exatamente o que estou fazendo da vida, ainda mais depois da onda de haterismo que aparentemente vem acometendo a blogosfera, mas dá pra vocês terem uma ideia...

Carro Velho

Faz um ano que tomei a decisão de andar de carro velho, muita gente pediu pra eu falar como está sendo essa experiência, então vai:

Acredito que tudo é uma questão de sorte, eu tive sorte! Meu carro de 20 anos de idade é ótimo. Ok, ele me deixou na mão duas vezes mas isso não tira o brilho do velhinho. Nesse 1 ano andei cerca de 10.000 km com ele, o custo de manutenção foi em torno de R$ 1.000,00, além disso gastei somente gasolina, nada de seguro, nada de IPVA. Tenho em mente que precisarei de 2 pneus novos em breve mas isso faz parte...

Andar de carro velho é libertador: você não se preocupa com encostões e ralados, não fica bitolado com revisões periódicas e caras (desde que o freio e suspensão esteja em ordem, o resto você só arruma quando quebra), ninguém te oferece coisas no farol (afinal se você tem um carro velho você é automaticamente um fudido quebrado), vizinhos não crescem o olho, você fica invisível! É ótimo ser invisível!

Moradia

Bia e eu mudamos novamente de apartamento. Na verdade o atual é bem maior que o antigo, porém custa 1/3 do valor, a atual localização faz mais sentido pra nossa realidade atual, por isso da decisão. Morar de aluguel é algo fantástico, você se adapta às necessidades do momento e não o contrário, novamente digo: não me vejo morando num imóvel próprio novamente (a não se que morar em um dos nossos imóveis seja o melhor pra aquele momento).

Dinheiro

Independência financeira não tem nada a ver com parar de trabalhar mas tem a ver com tranquilidade pra fazer aquilo que você quer.

Grande abraço a todos!
Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.